Obra "Está na hora de juntar os trapos"

ORIGINAL

 

Pouco a pouco, fui colhendo; os fios.

Fios da vida, a marca dela em meu corpo, traços visíveis e invisíveis.

Percorro uma quimera no tempo, indo mais dentro deste território vasto que sou, juntando passado, presente e futuroS.

No horizonte há entrelinhas; muitas. Nelas se preservam as surpresas e também as pedras do caminho.

É supremo e singular essa pulsão de pertencer a um corpo, dentre tantos; e abrigar nele uma alma. E sabê-lo, tanto quanto dar-se às dúvidas ou ao desejo de compreender as outras camadas que nos compõem.

Os anos se encarregam da densidade e intensidade; desde a consciência de pertencimento à ligeireza dessa viagem.

Mesmo maturando como aquela fruta no pé, me percebo mais híbrida, mais diversa.

Do que me atino e desatino; lanço-me ao destino. Me deságuo compondo palavras e histórias. A linha e o linho bem que me confessam. Sentir e criar são minha sina.

 

É hora de juntar os trapos.


Produção e técnicas:

Tela costurada a partir de descarte têxtil, respeitando a forma das aparas do tecido.

Costurado 100% à mão.

 

Medida: Comprimento 45 cm/ Largura 22 cm

Peso: 60g

 

BORDADO TÊXTIL

R$500,00
BORDADO TÊXTIL R$500,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Obra "Está na hora de juntar os trapos"

ORIGINAL

 

Pouco a pouco, fui colhendo; os fios.

Fios da vida, a marca dela em meu corpo, traços visíveis e invisíveis.

Percorro uma quimera no tempo, indo mais dentro deste território vasto que sou, juntando passado, presente e futuroS.

No horizonte há entrelinhas; muitas. Nelas se preservam as surpresas e também as pedras do caminho.

É supremo e singular essa pulsão de pertencer a um corpo, dentre tantos; e abrigar nele uma alma. E sabê-lo, tanto quanto dar-se às dúvidas ou ao desejo de compreender as outras camadas que nos compõem.

Os anos se encarregam da densidade e intensidade; desde a consciência de pertencimento à ligeireza dessa viagem.

Mesmo maturando como aquela fruta no pé, me percebo mais híbrida, mais diversa.

Do que me atino e desatino; lanço-me ao destino. Me deságuo compondo palavras e histórias. A linha e o linho bem que me confessam. Sentir e criar são minha sina.

 

É hora de juntar os trapos.


Produção e técnicas:

Tela costurada a partir de descarte têxtil, respeitando a forma das aparas do tecido.

Costurado 100% à mão.

 

Medida: Comprimento 45 cm/ Largura 22 cm

Peso: 60g